salvador

SALVADOR

SALVADOR - BA

 A primeira capital do Brasil é famosa pela arquitetura, música e culinária de influência africana. Conhecida como a ‘Capital da Diversão’ por suas exuberantes festas, Salvador exala arte e música contemporânea em meio à arquitetura que se manteve intacta desde o século XVII.

Primeira capital do Brasil, Salvador reúne o presente e o passado em perfeita harmonia e, levando-se em conta a topografia da cidade - dividida em Alta e Baixa – fica fácil mapeá-la e vislumbrar os atrativos escancarados em cada esquina.

É na parte alta que fica o colorido Pelourinho, bairro histórico e tombado pela Unesco como Patrimônio da Humanidade. Em suas ruas e vielas estão centenas de casarões dos séculos 17 e 18 que abrigam de museus e templos católicos que atraem estudiosos do mundo todo – é o caso da igreja de São Francisco, considerada a obra barroca mais rica do país. 

Salvador
Festa no Pelourinho
Pelourinho (BA)

VISITAR O PELOURINHO


Nenhum outro lugar reflete tão bem a alma da Bahia quanto o Pelourinho. Considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco, o bairro na Cidade Alta, tem mais de 800 casarões dos séculos 17 e 18. Vielas, ladeiras e largos concentram igrejas, museus, restaurantes, lojas e um vaivém de gente de Salvador, do Brasil e do mundo.

  • Pelourinho

APRECIAR A IGREJA E CONVENTO DE SÃO FRANCISCO


Centenas de quilos de ouro enchem de brilho os altares da igreja mais rica do país. Considerado um dos mais extraordinários monumentos do barroco mundial, o templo de São Francisco, erguido em 1723, tem ainda balaustradas em jacarandá negro, pinturas ilusionistas e uma bela imagem de São Pedro de Alcântara.

Igreja e Convento de São Francisco
Um dos pontos mais movimentados do Pelourinho.

 

FESTAS DE LARGO


De dezembro a fevereiro, Salvador ganha a energia das festas religiosas. Conhecidas como Festas de Largo, reúnem missas, procissões e muita animação. A temporada é aberta com os festejos à Santa Bárbara, que tem como ponto alto a distribuição de caruru - guisado de quiabo e camarão. Já a Lavagem do Bonfim arrasta uma multidão atrás.

04 de dezembro - Santa Bárbara
Festa reúne milhares de fiéis 
Foto: Jota Freitas - Arquivo Bahiatursa

 

NOITE NO RIO VERMELHO COM ACARAJÉ


Salvador tem uma barraquinha de acarajé em cada esquina, mas para experimentar os quitutes preparados pelas baianas mais famosas da capital siga para o bairro do Rio Vermelho. No Largo de Santana , Dinha, Regina e Cyra demarcaram seus territórios, reunindo turistas, boêmios e artistas.

Noite no Rio Vermelho com acarajé
Largo de Santana reúne todas as tribos Foto: Rita Barreto - Bahiatursa

 

SOLAR DO UNHÃO / MUSEU DE ARTE MODERNA DA BAHIA


Um dos mais belos conjuntos arquitetônicos às margens da Baía de Todos-os-Santos, o Solar do Unhão abriga o Museu de Arte Moderna da Bahia, reunindo mais de duas mil obras de pintores brasileiros como Di Cavalcanti, Portinari e Tarcila do Amaral. Construído no século 17, em alvenaria de pedra, para ser a residência do desembargador.

Solar do Unhão
Gradil de Carybé 

IGREJA DO BONFIM


A igreja do Senhor do Bonfim não é a mais bonita, mas com certeza, é a mais famosa de Salvador em função da tradicional “ Lavagem do Bonfim ”, comemoração marcada pelas baianas jogando água nos degraus do templo em uma festa que dura o dia inteiro. 

Igreja do Bonfim
Milhares de fitinhas colorem grade e dão boas vindas 

 

ELEVADOR LACERDA


A maneira mais original de circular entre a Cidade Alta e a Cidade Baixa é através do Elevador Lacerda, um dos marcos da capital baiana inaugurado em 1872. Com 72 metros de altura, liga a Praça Tomé de Souza (parte alta) à Praça Cairu, onde fica o Mercado Modelo. 

Elevador Lacerda
Passeio no pelourinho 

 

CASA DO CARNAVAL DA BAHIA


Localizada em pleno Pelourinho, ao lado da Catedral Basílica, a Casa do Carnaval foi inaugurada em fevereiro de 2018. A curadoria do projeto é do artista, designer e cenógrafo Gringo Cardia e o grande diferencial da casa é a interatividade, entregue aos visitantes por meio de diversos recursos multimídia.

Casa do Carnaval da Bahia
Museu da festa é pura alegria 

Nós, do POINT DO TURISMO, vamos buscar as melhores ofertas e as melhores formas de pagamento.

PARCELAMOS NO CARTÃO DE CRÉDITO OU NO BOLETO BANCÁRIO

CURTIR AS PRAIAS DO NORTE


No caminho para o aeroporto ficam as melhores praias para banhos. Itapuã, além do charme do farol, tem areias claras e águas verdes que formam piscinas naturais. Stella Maris intercala pontos com ondas e outros protegidos, reunindo surfistas e banhistas; enquanto Flamengo, com paisagem de coqueiros e dunas, é ponto de encontro da turma jovem.

Stella Maris
Banho de mar em Stella Maris 

PASSEIO PELO LITORAL NORTE DA BAHIA


Cerca de 230 quilômetros separam Salvador de Mangue Seco, quase na divisa com o Sergipe. Ao longo da BA-009, batizada de Estrada do Coco até a Praia do Forte e, dali em diante de Linha Verde, há uma série de lugares especiais para um passeio de um dia ou para uma boa esticada. 

Passeio pelo Litoral Norte da Bahia
Arembepe na língua tupi-guarani: aquilo que nos envolve. 

 

CURTIR O PÔR DO SOL


O pôr do sol no mar é um espetáculo que pode ser visto de vários pontos de Salvador. Os mais populares são o Farol da Barra e a praia do Porto da Barra. O mais distante, a  Ponta de Humaitá . Para um fim de tarde mais glamuroso, aposte nos bares e restaurantes da Bahia.

Curtir o pôr do sol
No Porto da Barra, pôr do sol dá show

 

PASSEIO DE ESCUNA PELA BAÍA DE TODOS-OS-SANTOS


O passeio de escuna pela Baía de Todos-os-Santos dura sete horas e passa por várias ilhas. A principal, onde acontece a parada para banhos, é a Ilha dos Frades, a quase duas horas de navegação a partir do Terminal Marítimo. Pequenina, tem apenas dois quilômetros de orla onde se espalham barracas de comidas e bebidas.

Ilha dos Frades
Aproveitem enquanto é tempo 

 

PONTA DO HUMAITÁ


Um dos lugares mais charmosos de Salvador - com privilegiada vista da Baía de Todos-os-Santos e um pôr do sol espetacular - ainda é pouco explorado. Escondida na península de Itapagipe, na Cidade Baixa, reúne um pátio, uma igrejinha, um convento e um farol – arquiteturas típicas da capital baiana! 

Ponta do Humaitá
Perfeito para o pôr do sol 
pagina inicial